h1

Artigo Mccarthy

junho 21, 2006

1 – Questões Básicas:

O que é inteligência artificial?
É a ciência e a engenharia aplicadas à elaboração de máquinas inteligentes, em especial programas de computador inteligentes. Ela é relacionada ao trabalho semelhante de utilizar computadores para compreender a inteligência humana, mas a inteligência artificial não precisa se restringir a métodos biologicamente observáveis.

Sim, mas o que é inteligência?
Inteligência é a parte computacional da habilidade de atingir metas no mundo. Inteligências de graus e tipos variados ocorrem em pessoas, em vários animais e em algumas máquinas. Será que não existe uma definição sólida de inteligência que não precise ser relacionada à inteligência humana? Ainda não. O problema é que nós ainda não podemos caracterizar de forma geral que tipos de procedimento computacional nós queremos chamar de inteligentes. Entendemos alguns mecanismos da inteligência, e não outros.

A inteligência artificial não serve para simular inteligência humana?
Às vezes, mas não sempre, nem na maioria das vezes. Por um lado, podemos aprender algo sobre como fazer máquinas solucionarem problemas ao observarmos outras pessoas ou ao observarmos os nossos próprios métodos de resolução de problemas. Por outro lado, a maior parte do trabalho em inteligência artificial envolve o estudo de problemas que o mundo apresenta à inteligência em vez de estudar pessoas ou animais. Pesquisadores em inteligência artificial são livres para usar métodos que não são seguidos por pessoas ou que envolvam muito mais cálculos do que uma pessoa pode fazer.

Quando começou a pesquisa em inteligência artificial?
Após a Segunda Guerra Mundial, um número de pessoas começou a trabalhar independentemente em máquinas inteligentes. O matemático inglês Alan Turing pode ter sido o primeiro. Ele deu uma palestra a respeito em 1947. Ele também pode ter sido o primeiro a decidir que inteligência artificial seria mais bem pesquisada na programação de computadores do que na construção de máquinas. No final da década de 50, havia muitos pesquisadores em inteligência artificial, e a maioria deles baseava o trabalho em programar computadores.

A inteligência artificial almeja colocar a mente humana dentro do computador?
Alguns pesquisadores dizem ter esse objetivo, mas talvez estejam usando a frase metaforicamente. A mente humana possui diversas peculiaridades, e não tenho certeza de que alguém pense seriamente em imitar todas elas.

 

A inteligência artificial almeja obter inteligência do mesmo nível que a humana?
Sim. O esforço último é fazer programas de computador que possam solucionar problemas e atingir metas no mundo tão bem quanto seres humanos. Entretanto muitas pessoas envolvidas em áreas particulares de pesquisa são muito menos ambiciosas.

E quanto a fazer uma "máquina criança" que pudesse se desenvolver lendo e aprendendo com a experiência?
Essa idéia foi proposta muitas vezes desde os anos 40. Eventualmente será posta em prática. Entretanto programas de inteligência artificial ainda não atingiram o estágio de serem capazes de aprender muito do que uma criança aprende por experiência física. Tampouco os programas atuais compreendem linguagem bem o suficiente para aprender algo por meio de leitura.

 

2 – Ramificações da IA

Está aqui uma lista de algumas ramificações:

 

  • AI lógico;
  • Busca;
  • Reconhecimento de teste padrão;
  • Representação;
  • Inferência;
  • Conhecimento e raciocínio do sentido comum;
  • Aprendizagem da experiência;
  • Planejamento;
  • Epistemology:
  • Ontology;
  • Heurísticas;

 

 

3 – Aplicações da IA

 

Jogos: Você pode comprar maquinas q podem jogar xadrez por alguns dólares. Existe um pouco de IA nisso, mas eles jogam bem contra pessoas usando força bruta – olhando para varias jogadas. Para vencer um campeão mundial por força bruta e sabendo heurísticas requer poder olhar 200 milhões de posições por segundo.

 

Entendendo Linguagens Naturais: Apenas pegar uma seqüência de palavras do computador não é suficiente. O computador deve estar provido de algum conhecimento sobre o texto, e isso é possível no presente para apenas alguns domínios limitados.

Sistemas peritos: Um engenheiro entrevista peritos em um determinado domínio e tenta colocar seu conhecimento em um programa de computador para realizar alguma tarefa. Como isto funciona depende se os mecanismos intelectuais requeridos para a tarefa estão dentro do estado atual do AI. Quando isto girou para fora para não ser assim, houve muitos resultados decepcionantes. Um dos primeiros sistemas peritos era MYCIN em 1974, que diagnosticou infecções bacterianas do sangue e sugeriu tratamentos. A utilidade de sistemas peritos atuais depende de seus usuários terem o sentido comum.

 

Classificação de Heurísticas: Um exemplo está na compra de um produto com o cartão de crédito. A informação está disponível sobre o proprietário do cartão de crédito, seu registro do pagamento, sobre o produto que está comprando e sobre o estabelecimento de que está comprando.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: